Conheça os métodos mais utilizados na conservação de alimentos

Os métodos de conservação de alimentos permitem que se possa guardá-los para uso futuro sem que se estraguem. Os homens pré-históricos secavam a comida ao sol ou guardavam-na em cavernas frescas. Atualmente ainda se usa a secagem (desidratação) e o resfriamento (refrigeração) par

História

Quando se trata de conservação de alimentos, o primeiro pensamento que nos vem na cabeça é a antiguidade. Naquela época, o homem precisava armazenar os alimentos para evitar que eles estragassem e a maior dificuldade era como conservar e armazenar os seus alimentos de forma que venha manter as características intactas, pois não contavam com todos equipamentos tecnológicos que encontramos hoje em dia.

O homem então começou a fazer experimentos sem nenhum conhecimento teórico apenas simulando alguns processos e assim foi se descobrindo métodos que fossem mais eficazes na conservação para os seus alimentos.

E hoje em dia temos vários métodos que são utilizados para conservação dos alimentos.

Os tipos de conservação de alimentos mais encontradas hoje em dia são:

Açúcar e Sal;

Pasteurização e Esterilização;

Fermentação

Congelamento e Resfriamento;

Desidratação e Secagem;


Açúcar e sal

O açúcar e o Sal podem ajudar a preservar os alimentos por um período maior de tempo sem ser necessário o uso de refrigeração, evitando que o alimento apodreça.

Esse tipo de conservação age retendo a água que fica na superfície do alimento e assim acaba inibindo a reprodução de microrganismos que produzem toxinas nocivas, fazendo com que os alimentos entrem em processo de decomposição.

Exemplos de alimentos mantidos em conserva com Sal e com Açúcar

Açúcar : Frutas Cristalizadas;

Sal : Bacalhau, Carne Seca;


Pasteurização e Esterilização

Processos que são realizados utilizando altas temperaturas para eliminar os microrganismos que liberam toxinas que são nocivas para nossa saúde e degradam os alimentos. A Pasteurização é a destruição de microrganismos que são causadores de doenças como processo do leite. E a esterilização ocasiona na destruição dos microrganismos que possam crescer nos tipos de alimentos que são armazenados dentro de latas. Exemplo de enlatados: Ervilhas.


Congelamento

No congelamento utiliza-se temperaturas negativas entre (-10°C a – 40°C).

Essas temperaturas fazem com que a água disponível nos alimentos congelados se transforme em cristais de gelo o que reduz o crescimento de microrganismo,preservando o alimento por um tempo maior. Exemplos: Pescados, aves e vegetais


Resfriamento

Consiste em deixar o alimento acima do seu ponto de congelamento utilizando temperaturas que varia entre 0°C a 7°C, o que acaba diminuindo o crescimento de microrganismos que podem causar deterioração, prolongando a vida útil do alimento por algumas semanas.Exemplos: Ovos, leite e derivados.


Secagem

Desidratação é o método mais antigo de se conservar alimentos. Ao desidratar o alimento, eliminamos a água que serviria para o microrganismo se reproduzir, assim o alimento é conservado por um período maior de tempo.Exemplos: Café solúvel, Leite em pó

Antigamente era realizada deixando o alimento exposto ao sol e ao vento, hoje em dia a tecnologia nos permite realizar a secagem nos alimentos controlando a temperatura e a umidade do local. São alimentos que possuem pouca água e é necessário um tempo maior para estragar. Exemplo: Açúcar, Arroz.


Fermentação

A fermentação se baseia na proliferação de alguns microrganismos que não prejudicam à saúde humana e que durante o seu metabolismo acabam gerando produtos (ácidos orgânicos, CO2) que alteram o pH de maneira que inibem o crescimento de microrganismos que decompõe o alimento. Exemplos: Leite fermentado, Iogurte.

Então, gostou do tema abordado nesse artigo? Tem vontade começar a investir em algum tipo de alimento em conserva e não sabe como iniciar? Agende um horário conosco, venha nos fazer uma visita e nos conte os seus planos, quem sabe não podemos te ajudar!


Lewiis Xavier Capiquila

1 Portal de Notícias Postagens

Comentários